Notícias 
Proteja-se - Vigilância Epidemiológica fez palestra sobre como se proteger dos Escorpiões - Notícias - Portal Prefeitura Municipal de Severínia-SP
 Saúde 
Proteja-se - Vigilância Epidemiológica fez palestra sobre como se proteger dos Escorpiões
03/09/2015

 

Nos dias 01 e 02 de setembro do ano de 2015, equipe de Vigilância Epidemiológica e Promoção e Assistência Social esteve reunida com os responsáveis do recebimento de bolsa família e renda cidadã para passar orientações sobre escorpiões e situação do município de Severinia, bem como os riscos eminentes.

O sistema de Vigilância  tem informado 12 acidentes desde janeiro a agosto  deste ano em adultos tanto em zona rural quanto urbana, e acredita  que há pessoas que não procuraram atendimento.

No mês passado, 22, Sabrina Fonseca silva, de 03 aninhos, morreu na Santa Casa de Barretos, depois de ter sido picada por um escorpião três dias antes,  no Sítio São José, onde morava com a mãe e o padrasto. O caso aconteceu dentro de casa, quando ela foi pegar o sapatinho e colocou a mão sobre escorpião que estava escondido.

A enfermeira da Vigilância Epidemiológica Guacira Gibelli,  informou que  há a predominância das espécies Tityus serrulatus (amarelo) e o Tityus bahiensis (marrom-escuro ou preto). Ressaltou a necessidade de informar a população sobre como prevenir o surgimento de escorpiões em suas casas, uma vez que a erradicação é impossível. “É um problema que temos que conviver e controlar”, disse.

"Os escorpiões têm hábito noturno e para evitar o acesso deles aos ambientes doméstico é preciso tomar alguns cuidados, como manter os ralos provenientes de esgotos fechados 24h. Outro ponto é a limpeza. Na maioria das vistorias e denuncias eles são encontrados em materiais que já estão há anos no mesmo lugar sem utilidade. Por isso é importante a manutenção da limpeza dos ambientes com a  eliminação de inservíveis do quintal, lembrando que não vai adiantar jogar o seu lixo em terrenos baldios. Tal situação facilita esconderijos de escorpião e outros peçonhentos e possíveis acidentes, pois ficam escondidos nestes lugares durante o dia." Explicou Guacira.

Outros abrigos de escorpiões são frestas, buracos nas paredes ou no chão, muros e paredes sem reboco, telhas, blocos, ferragens, tambores, resto madeira, garrafas, descartáveis, galhos, folhas secas, engradados, pneus, lonas, carro batido, geladeira e fogão velho, latas, reciclagem.

Predadores naturais

Várias espécies de aranhas, lagartos, louva-a-deus, corujas, seriemas, macacos e pássaros estão incluídos entre os "inimigos" dos escorpiões. Galinhas e sapos também comem escorpiões. Sendo os sapos e os escorpiões ambos de hábitos noturnos, as probabilidades de encontro são grandes e cada sapo pode comer vários escorpiões em seguida. As galinhas, porém, por serem diurnas, encontram os escorpiões eventualmente, quando ciscam os terrenos.

Outra sugestão da palestrante é que as pessoas tenham mais cautela ao manusear toalhas, cortinas, peças de roupas e calçados, pois os escorpiões também podem se esconder nesses lugares, escalar paredes. Recomendamos ainda evitar plantas ornamentais densas, arbustos e trepadeiras junto a muros e paredes das casas, utilizar telas em ralos (pia, chão e tanque), assim como evitar deixar roupas e calcados  no chão”.

"Só se é possível a prevenção se não houver condições propicias aos escorpiões nas residências. Unidos conseguiremos um bem comum, já que a erradicação não será possível. " Finalizou Guacira.

Galeria de Imagem:

 

Mais Notícias
19/04/2017  Educação 
Projeto - Arte na Escola
19/04/2017  Obras 
Solução do problema na rua Salomão Galib Tannuri
17/04/2017  Prefeito 
Comemoração ao Dia da Páscoa
11/04/2017  Saúde 
COMUNICADO Vigilância Sanitária
11/04/2017  Saúde 
Ação Solidária arrecada mais de 2 toneladas de alimentos para as Santas Casas da Região